Eu sou você amanhã

21/10/2018 - Sem Categoria

Em lançamentos de alto e médio padrão, é normal que as incorporadoras decorem um apartamento para que o cliente imagine como poderão ficar os imóveis comprados ainda na planta. Essa estratégia agora é cada vez mais utilizada também em empreendimentos que se enquadram no programa Minha Casa, Minha Vida. A Azul Construções, por exemplo, investe na unidade decorada e garante que a iniciativa ajuda a vender.

- É no decorado que o sonho começa. Além disso, essa unidade serve como fonte de inspiração para o futuro morador, que poderá aproveitar no seu apartamento a mesma distribuição de móveis e várias ideias de decoração - diz Mariana Marques, sócia da Azul que, em parceria com a MRI, está lançando em Bangu o Royal Blue.

O empreendimento, pelo programa habitacional, tem 100 unidades com preços a partir de R$ 169 mil.

A estratégia também é utilizada no Residencial Itália, da CAC Engenharia em Nova Iguaçu, que tem preços a partir de R$ 170 mil. 
- A grande vantagem é que o cliente sabe como o imóvel dele poderá ficar. Contratamos sempre arquitetos muito competentes para nos ajudar a montar a unidade - ressalta Bruno Teodoro, gerente comercial da empresa.

IDEIA DE TAMANHO

Na Rio Oito, o apartamento decorado é a grande estrela do Cenário da Montanha, que está sendo construído em Itaipava com valores a partir de R$ 195 mil.

- Acredito que o decorado aumente em 50% o potencial de fechar um negócio. Sem esse recurso, o cliente tem dificuldades de visualizar a real dimensão da planta - destaca Mariliza Fontes, diretora da Rio Oito.

Atenção na hora da visitação

Além dos tradicionais decorados físicos, a MRV está usando o virtual em algumas cidades. O projeto "My Home Experience" inclui os clássicos por computadores ultramodernos e óculos de realidade virtual. O cliente pode personalizar o imóvel em minutos. O projeto, porém, ainda não chegou ao Rio.

Outra estratégia de construtoras focadas no Minha Casa Minha Vida é disponibilizar nos estandes de vendas o apartamento modelo, que é um tipo de decorado menos luxuoso.

É o caso do Central Park Riviera, bairro planejado em Duque de Caxias que foi lançado pela Riviera Construtora. As unidades têm preços a partir de R$ 133 mil.

- O apartamento modelo vem com todo acabamento original que será entregue nas chaves - afirma Ari Ferraz, diretor-geral da construtora Riviera.

Para o presidente da Sawala Imobiliária, Edson Pires, o apartamento decorado disponível nos estandes de vendas antecipa a decisão de compra.
- Neste caso, a ordem é: o cliente conhece primeiro a estrutura do prédio, depois o lazer e, por fim, entra o decorado. O resultado desta ação é que o interessado fica impactado e começa a imaginar como será morar no empreendimento.

Os arquitetos indicam atenção na hora de visitar o decorado. Uma dica é explorar ao máximo cada detalhe, examine as medidas (a profundidade dos armários, por exemplo, deve ser de, no mínimo, 60cm). Outro conselho é visitar o imóvel mais de uma vez e, se possível, com companhias diferentes em cada oportunidade. Também guarde o material promocional e não deixe de fotografar o modelo decorado.

Fonte: Jornal Extra Imóveis

Galeria

loading...
carregando